:: Edição 17 :: 19/07/2016

Planos passam a cobrir exames para detecção do zika



Atendendo à Resolução 407/2016 da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), desde o dia 1º de julho, os exames para detecção do zika vírus passaram a ser cobertos pelos planos de saúde brasileiros para grupos específicos de pacientes (gestantes e recém-nascidos). Fique atento aos exames aprovados e suas recomendações:
 
> PCR: recomendado para gestantes que apresentam os sintomas do zika vírus (somente até cinco dias após o surgimento dos primeiros sinais da doença);
 
> IgM: recomendado para gestantes com ou sem sintomas da doença nas primeiras semanas de gestação (pré-natal) com repetição desse procedimento ao final do 2º trimestre da gravidez; e para bebês de mães infectadas pelo vírus ou recém-nascidos com malformação congênita sugestiva de infecção pelo zika;
 
> IgG: recomendado somente para infeção pelo zika vírus em gestantes ou recém-nascidos que realizaram pesquisa de anticorpos IgM com resultado positivo.
 
Segundo a ANS, os grupos acima citados têm os exames legalmente assegurados, por estarem diretamente associados ao risco de microcefalia nas crianças.

Luiz da Penha fala sobre investimentos no exterior

Investir no exterior é uma prática comum dos Fundos de Pensão brasileiros. Mas por que as entidades precisam alocar parte dos seus recursos fora do Brasil, se há tantas oportunidades de investimentos no País? Como e por que essa modalidade de aplicação se torna tão vantajosa?

O gerente de investimentos da Fachesf, Luiz da Penha (foto), publicou um esclarecedor artigo sobre o tema, na edição 404 da revista Fundos de Pensão, editada pela Abrapp.

Clique aqui para ler o texto. 


Empregados elegem membro para Comitê de Ética

Na sexta-feira da semana passada (15), os empregados da Fachesf participaram de mais um democrático pleito eleitoral, dessa vez para a escolha de um membro para o Comitê de Ética da Fundação. Seis empregados participaram da disputa e o vencedor foi Jorge de Melo Cavalcanti Filho (foto), da equipe da Central de Relacionamento. "Fico feliz em poder representar os fachesfianos num grupo de tanta relevância para a Fundação. O Código de Ética é uma das ferramentas mais importantes para a Casa, uma vez que norteia as atitudes e os comportamentos dos colaboradores", diz Jorge Cavalcanti.
 
A eleição deste ano foi a que registrou o maior número de votantes, o que representa uma clara evolução no grau de entendimento dos colaboradores para a importância da abordagem do tema na entidade.  "É fundamental ser ético para se conviver em sociedade. É por meio da ética que se pratica o respeito aos demais. Dentro dos ambientes de trabalho, isso é ainda mais importante, uma vez que atitudes inadequadas podem afetar o desempenho e a reputação de uma entidade", ressalta o presidente em exercício da Fachesf, Roque Fagundes.

O Comitê é formado por três Participantes da Fachesf, escolhidos, respectivamente, pelos empregados 

da Fundação, pelo Conselho Deliberativo e pela Diretoria Executiva. Até o final de julho, os outros dois membros serão indicados, todos com mandato de um ano, renovável por mais doze meses.  

Palestra -  Na mesma semana da eleição, os empregados tiveram a oportunidade de assistir à palestra "Falando sobre Ética", ministrada pelo professor da UFPE, Jesus Vazquez Torres. O encontro foi uma iniciativa do Grupo de Trabalho formado pela Fundação para incentivar a revitalização do Código de Ética. 

Canal Mais Que Notícia é ampliado

A partir desta quinta-feira (21), a cidade de Paulo Afonso (BA) contará com mais um ponto do Mais Que Notícia (MQN), canal multiplicador de conteúdo sobre educação financeira e previdenciária e que também traz, por meio de monitores de TV, notícias gerais, dicas de saúde, vídeos e informações relevantes da Fundação para Participantes Ativos, Assistidos e Beneficiários. O novo monitor será instalado pela Assessoria de Comunicação da Fachesf no Ambulatório de Paulo Afonso e alcançará cerca de 800 pessoas ao mês. A partir de agora, o MQN conta com cinco pontos. Os demais estão na Central de Relacionamento (sede da Fundação), Ambulatório Paissandu, FARE (Chesf Recife) e FAPA (Paulo Afonso). 


TV Fachesf: previna-se da obesidade

Você sabia que mais da metade dos brasileiros está acima do peso? Esse quadro tem trazido problemas sérios para a saúde da população, que cada vez mais apresenta doenças como diabetes, hipertensão, dislipidemia, problemas osteoarticulares, dentre outros.

Na mais recente matéria da TV Fachesf, o endocrinologista Pedro Gorgônio fala sobre os porquês desse preocupante quadro e dá dicas valiosas para que você não entre nessas estatísticas.

Clique aqui e assista ao vídeo.


Todos contra o Aedes aegypti

No dia 7 de julho, o Comitê Fachesf de Combate e Prevenção ao Aedes aegypti cumpriu mais uma etapa do seu cronograma de atividades. A Brigada Contra o Mosquito, formada por colaboradores voluntários, passou em todas as salas de trabalho para um adesivaço educativo. A partir de agora, todos os espaços laborais da Fundação estão sinalizados com dicas para diminuir a presença do vetor da dengue, zika e chikungunya nos ambientes. Segundo registros do Ambulatório Paissandu, é cada vez menor a quantidade de empregados, prestadores de serviço e estagiários da Fundação com doenças relativas ao mosquito. No entanto, o combate não pode parar. Uma nova atividade da Brigada já está sendo preparada para o final deste mês. 

Capacitação
- Os membros do Comitê e da Brigada assistirão, na manhã do próximo dia 26, na sala de treinamentos da Fachesf, a mais uma palestra da Vigilância Ambiental, para o nivelamento 

técnico sobre os números da zika, dengue e chikungunya na cidade do Recife e o que há de novo na luta contra o Aedes aegypti.